Tecnologia para os Hospitais da Rede SUS! O porquê não ?


É recorrente a pergunta de como viabilizar nossa tecnologia em Hospitais Públicos ou aqueles não públicos mas que atendem a Rede SUS. Por este motivo escrevemos este post com algumas observações que poderão ajudar na evolução  dos projetos.
Já falamos um pouco sobre este assunto no Post: O Desafio de implantar tecnologias novas nos Hospitais Públicos.
Um dos benefícios mais críticos de quando aplicamos soluções tecnológicas nos processos hospitalares, é a garantia de trabalhar em dados reais.
O uso de registro eletrônico e on line das atividades e em neste momento já indicamos a próxima atividade e medimos cada passo. Garantimos que a informação é real.
Fazendo uma analogia com a atividade de dirigir um carro.
Sem a tecnologia É como dirigir sem painel.
  • Sem saber se o carro tem gasolina, a operação pode parar a qualquer momento por falta de “combustível’ ;
  • sem saber qual a temperatura, pode-se extrapolar e fundir o motor …
  • Sem saber a velocidade, com certeza haverá muitas multas ou situações de perigo…
  • Sem saber o desempenho de consumo, haverá desperdícios …
Sem tecnologia nas atividades de gerenciamento de leitos, transporte, controle da montagem das salas cirúrgicas, nas checagens de ambiente …
Os gestores dirigem no escuro!
Ter uma operação mais enxuta e com desempenho otimizado não pode ser considerado luxo.

No Gerenciamento de Leitos

A eficiência necessária nos hospitais, só será atingida com o auxilio de tecnologia. Assim garantir que o desempenho da operação esteja sempre na capacidade máxima de atendimento.
Uma afirmação que podemos fazer aos Hospitais que não usam tecnologia no Gerenciamento de leitos, é que se o Gerenciamento de leitos está bom, com certeza está sendo feito da maneira mais cara. E hoje em dia ser dispendioso e ter operações onerosas é um desperdício cruel.
As ferramentas tecnológicas ajudam na transparência. Um fator de sucesso de nossos projeto é a publicidade interna dos dados. É comum chegarmos em nossos clientes e o desempenho do trabalho está on line em uma(ou mais) tela de TV na parede.
O simples fato de dar publicidade a dados de desempenho do trabalho, provoca um ajuste mútuo na equipe. Na tela a seguir temos um exemplo de acompanhamento on line do processo de higienização dos leitos, da para visualizar o status de cada leito, em qual etapa ele se encontra, quem está trabalhando nele e quais são os tempos …
Em cada etapa do processo. É definido metas! os leitos os quais estão hachurados em verde é que estão dentro da meta, os em amarelo estão em atenção e os em vermelho já extrapolaram a meta. Com estes alarmes é possível identificar assim que aparecem os gargalos e agir !
painel
No post, O Papel da Hotelaria Hospitalar na Gestão de Leitos, ilustramos bem o poder deste controle e fazemos uma comparação com painéis de um Aeroporto.
Outro ponto decisivo, é a otimização dos recursos.
Nos casos de mão de obra terceirizada:  Como as alocações são dinâmicas e em tempo real, é possível averiguar as entregas e até atendimentos dos SLAs acordados. A grande maioria de nossos clientes já assumem o costume de utilizar estes controles e até conseguem renegociações contratuais favoráveis .
O ganho do giro do leito é fundamental principalmente em instituições que sofrem com superlotação ou ocupações altas. O custo de uma “não internação” pode custar muito para sociedade, muita
Em um Hospital o tempo do giro do leito era de 9 horas e 38 miutos, após a implantação  este mesmo esta realizando o giro em 1 hora e 21 minutos.
Temos outro exemplo já citado aqui no Blog, “A Receita do Einstein“,  que no Hospital Albert Einstein uma consultoria externa calculou o ganho que o Hospital teve e afirmou que o impacto do ganho do giro do leito é como se o Hospital estivesse construido outra unidade de 62 leitos.
Este tipo de ganho, não pode ser ignorado pela rede SUS. No cenário de Déficit de leitos este ganho pode possibilitar o atendimento com menos investimentos de construção de unidades e em alguns casos, com a mesma estrutura atual se esta estiver otimizada.

Atenção nas atividades de transportes

Existem estudos que apontam que a operação de transportes intra hospitalar são responsáveis por até 40% dos desperdícios em um Hospital.
No post  já falamos bastante sobre os ganhos na atividade de transporte e até temos um vídeo demonstrativo do uso de nossa ferramenta.smartphonetransporte
A implantação destas ferramentas é importantíssimo para o controle. Gera indicadores on line e dispõe em paineis e relatórios o desempenho. Além do mais. é possível garantir o atendimento aos protocolos de transportes, pois todos os transportem só acontecem seguindo o processo controlado passo a passo eletronicamente pelo sistema.

Processos críticos de acionamentos e priorização de atendimentos

Acionamentos de códigos de emergências (código azul, código amarelo, código laranja etc. ) trazem aos Hospitais um ganho de eficiência exatamente nos processos mais críticos de atendimentos.acionamentos codigos
Os acionamentos são realizados eletronicamente, as respostas são registradas e tudo fica rastreável para auditoria externas ou internas.
As equipes de TRR - Time de resposta rápida, merecem este tipo de tecnologia
Um exemplo da Rede SUS que implantou esta tecnologia é o O HMVSC – Hospital Municipal Vila Santa Catarina na cidade de São Paulo. Outro exemplo, também da Rede SUS é o AME Jardim dos Prados.

Em processos de qualidade

Eliminar processos manuais e controles em planilhas em papel é um fator de ganho de produtividade importante. Fora o fato da confiabilidade dos dados.
Em todos nossos produtos voltados para a área de saúde tem isto como foco!
Em especial temos o Checklist Hospitalar automatizado por tablets. Que possibilita o registro on line das verificações dos lugares ou leitos .

Se o Hospital tem acreditação ou pensar em ter

medalhaAplicações oferecem dados de relatórios que eliminam o retrabalho normalmente realizado por analistas manualmente.
Estes dados e indicadores resultantes destes saem automaticamente e com a garantia de ser dados reais e consolidados.
Republicação de post de 28 de julho de 2017 por 

Comentários

Veja mais

Contatos e canais de contratação nos Hospitais

MANUAL DE INDICADORES DE HOTELARIA HOSPITALAR e CADERNO DE PROCESSOS E PRÁTICAS DE HOTELARIA HOSPITALAR

Vagas disponíveis para trabalhar no Hospital Erastinho - Curitiba