Postagens

Como fica a qualidade da alimentação hospitalar ?

Imagem
As chances de que você já tenha escutado alguma reclamação sobre comida hospitalar são grandes: que ela é ruim, que tem o mesmo gosto ou que sempre é a mesma. Essa é uma situação complicada, mas em alguns casos também injusta com os responsáveis pelas refeições em hospitais. É claro que o paciente não pode se alimentar apenas com alimentos de que ele mais gosta. Principalmente por ser necessário que naquele momento ele ingira os nutrientes essenciais para uma boa recuperação e também que o satisfaça. Mas essa fama ruim da alimentação hospitalar teve de vir de algum lugar e a popularidade ficou. Algumas vezes os próprios sentidos dos pacientes, como olfato e paladar, estão afetados pela doença e nesses casos realmente é difícil encontrar uma solução. Existem alguns exemplos de hospitais que trabalham a parte visual do prato para que ele fique mais atrativo. Independentemente da causa, esse é um problema real e alternativas precisam ser encontradas. Inclusive investir na melhora do cardá

E como evitar o desperdício hospitalar?

Imagem
artigo de Rafaela Flamino 53% dos custos assistenciais são consumidos por desperdícios causados por falhas na entrega de valor, segundo a plataforma Valor Saúde Brasil, da DRG Brasil e IAG Saúde. Tais recursos poderiam ser investidos na operação em si. É evidente que o desperdício deve ser evitado em qualquer lugar, em um hospital não seria diferente. Afinal, cada material descartado, usado incorretamente ou mesmo que tenha data de validade expirada antes do uso significa prejuízo. E como identificar as principais fontes dos desperdícios hospitalares? Retrabalho: refazer alguma atividade que não foi realizada como deveria Espera: quando um profissional de saúde precisa aguardar muito tempo por suprimento ou medicamento por não o ter em seu posto de trabalho Movimentação: movimentação de pessoas sem necessidade desfalcando a assistência aos pacientes Estoque ineficiente: excesso de medicamentos ou suprimentos, bem como o excesso dos mesmos. E o que fazer para evitar o desperdício hospit

Gerenciamento de leitos - Análise Ellen Santos Freitas

Imagem
  Hoje o post dos alunos do  Curso de Hotelaria Hospitalar  não é colaborativo.  Vou dar espaço para a Ellen dos Santos Freitas , Gestora de Hotelaria Hospitalar da CASSEMS de Três Lagoas falar sobre Gerenciamento de Leitos e relatar sua vivência.  Semana que vem, também vou fazer uma análise sobre o mesmo tema.  *Faltam leitos ou Precisamos gerenciar adequadamente os que temos? Trabalho na área hospitalar há pouco mais de 12 anos, e sempre ouço que não temos leitos o suficiente. Pandemia a parte, precisamos avaliar alguns pontos antes de considerarmos a necessidade de mais leitos. Sabemos que não há uma receita pronta, pois cada instituição possui perfil e características diferentes. Pensando em otimizar o giro dos leitos seguem algumas dicas que poderão lhe ajudar e mostrar que é possível otimizar o uso dos leitos existentes. Você talvez esteja se perguntando, se estou dizendo que é possível aumentar a taxa de ocupação com a mesma quantidade de leitos existentes? Te respondo que sim

Sustentabilidade nos Hospitais. A colaboração da Hotelaria Hospitalar

Imagem
05 de Junho, foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e, para lembrarmos de um dia tão importante como esse, hoje temos a colaboração de mais uma das alunos do Curso de Hotelaria Hospitalar com o tema: Sustentabilidade nos Hospitais . Sustentabilidade, uma palavra muito usada atualmente que reflete o rumo que devemos seguir para uma melhor qualidade de vida e o que queremos deixar de valor para as futuras gerações. No ambiente hospitalar não poderia ser diferente. A Organização Mundial de Saúde (OMS), define que os resíduos hospitalares ou resíduos de serviços de saúde (RSS) são todos os descartes produzidos por estabelecimentos da saúde, como centros de pesquisa, hospitais, laboratórios e unidades de atendimento da saúde.  Em um relatório divulgado em fevereiro de 2022, a OMS fez alguns alertas sobre: um aumento significativo de geração de resíduos hospitalares gerados pela pandemia da Covid-19; ameaça para a saúde e para o meio ambiente; tratamento seguro e sustentável dos resí

A tecnologia é uma grande aliada da Hotelaria Hospitalar. Ela tem o poder de transformar a experiência do cliente.

Imagem
A tecnologia é uma grande aliada da Hotelaria Hospitalar. Ela tem o poder de transformar a experiência do cliente. Quer fazer a diferença? Faça diferente! O cliente está em constante evolução. Evolua, você, também! Uma das características da Hotelaria é pensar à frente do cliente para atender suas necessidades e expectativas com excelência. Além de encantá-lo. Conheça essa inovação!!! O Sistema de Hospitalidade é Hospitalidade na palma da mão! O Serviço de Hospitalidade da  Voice Technology  funciona como um menu digital, com diversas integrações e pode acionar inúmeros serviços. O Paciente escaneia um QR code pelo celular Tem a sua disposição um menu de opções como: - informações e orientações, - solicitações de Serviços, - integrações com apps externos ex: Whatsapp - acesso a parceiros e realização de pedidos (cafés, farmácias, lojas, óticas, restaurantes etc.) - pesquisa de Satisfação on line Disponibilize ao paciente um acesso rápido a informações e serviços. Onde é utilizado ? O S