Coloque uma pitada de amor e você verá o quanto você pode realizar.


 




liana dias cavalcante

Liana Dias Cavalcante

Gerente de qualidade  e Hotelaria Hospitalar 
Hospital das clinicas de juscelino


Acredito que em toda profissão , em todo relacionamento , vivencias e tudo mais existem momento difíceis, existem e sempre existirão.

Minha vivencia com pessoas é diária, é a todo minuto, a todo instante onde participo na tomada de decisões, compreendo a dificuldade , os problemas diários , os conflitos familiares.

Atualmente estou como Gerente de Hotelaria Hospitalar e descobri que tenho sim que controlar processos , tarefas, pessoas, opa, eu disse pessoas , sim, interna e externa. Colaboradores, pacientes, familiares e acompanhantes, muito coisa ,né. Então pensei , preciso adquirir habilidade de como entender e atender as pessoas, nossa difícil , não existe receita posso te garantir, existe o ouvir, o amor em querer e fazer alguma coisa por alguém, resolver ou pelo menos tentar resolver.

Numa dessas oitivas que tive como uma paciente ela me relatou o transtorno que passou para realizar um exame externo , porque no hospital em que ela estava internada não havia o tal exame , e ao chegar no nova ambiente hospitalar sentiu-se constrangida pelo atendimento e pela demora e pela falta do "querer das pessoas em resolver".

Eu fico me perguntando porque o paciente é sempre prejudicado com demoras e burocracias.

Coloque uma pitada de amor e você verá o quanto você pode realizar.

Link do artigo original

Comentários

Veja mais

Contatos e canais de contratação nos Hospitais

MANUAL DE INDICADORES DE HOTELARIA HOSPITALAR e CADERNO DE PROCESSOS E PRÁTICAS DE HOTELARIA HOSPITALAR

Vagas disponíveis para trabalhar no Hospital Erastinho - Curitiba