Humap é o primeiro hospital público do Brasil a utilizar saneante hospitalar com nanotecnologia e prata coloidal

 O produto “inteligente” é utilizado no processo de desinfecção de áreas críticas do hospital e possui memória residual de até sete dias

O saneante hospitalar com nanotecnologia e prata coloidal sendo apresentado aos gerentes do Humap.

Uma das grandes preocupações da população e dos gestores de hospitais é a contaminação hospitalar. No Brasil, estima-se que a taxa de infecções hospitalares atinja 14% das internações, de acordo com o Ministério da Saúde. Em média ,100 mil pessoas morrem, por ano, em decorrência de infecções adquiridas em hospitais brasileiros.

É sabido que os hospitais abrigam milhares de microrganismos, principalmente os que resistem aos medicamentos, como as superbactérias e, mesmo com as limpezas, desinfecções e esterilizações frequentes, algumas acabam resistindo.

Com o objetivo de evitar a disseminação de microrganismos no ambiente hospitalar e garantir a segurança dos pacientes e dos profissionais, o Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS/Ebserh) iniciou no dia 29/01 um novo contrato de terceirização do serviço de limpeza, que conta com uma novidade: um desinfetante líquido de uso (linha) hospitalar para superfícies fixas, sem fragrância, sem oxidantes, solução concentrada, à base de Cloreto de Alquil Dimetil Benzil Amônio- Cloreto Benzâlconio superior a 13% (Quaternário de Amônio de 5ª Geração) e Nanoprata que está sendo aplicado nas áreas críticas do hospital: Terapia Intensiva, Centros Cirúrgicos, Pronto Atendimento Médico, Centro Obstétrico e Central de Materiais e Esterilização, totalizando uma área de 7.984, 64 m².

Trata-se de um produto revolucionário no mercado, uma vez que possui memória residual de até sete dias, deixando o local que o recebe “inteligente” pois, mesmo com toques contaminantes, mantem a superfície “ativa”, eliminando micro-organismos, como bactérias, vírus ou fungos.

A composição prata coloidal (biodegradável) atua sobre mais de 650 micro-organismos, incluindo alguns protozoários, ou seja, além de proteger também não agride o meio ambiente.

O Humap é o primeiro hospital público do Brasil a utilizar o produto que foi adotado por grandes empresas brasileiras, como locadoras de veículos e sites de vendas e entregas de mercadorias.

 “É inegável que ofertar um saneante eficiente e eficaz reduz os riscos de infecção hospitalar e proporciona um ambiente seguro para os pacientes, acompanhantes, visitantes, equipe multidisciplinar e comunidade. Logo, entende-se que a utilização da nanotecnologia   oportunizará segurança e sustentabilidade para o hospital. ”, relata a chefe do Setor de Hotelaria Hospitalar, a enfermeira Rosimeire Faccio, uma das responsáveis pela elaboração do termo de referência do processo licitatório de contratação da prestação de serviço de limpeza.

Para a enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Liege Kapteinat Ramos, integrante técnica do grupo de planejamento de controle, o produto utilizado possui atividade desinfetante poderosa, para bactérias gram-positivas e gram-negativas. “De acordo com a Anvisa, o ambiente é um importante reservatório de microrganismos nos serviços de saúde, especialmente os multirresistentes. O serviço de limpeza apresenta um papel essencial na prevenção das infecções relacionadas à assistência à saúde, sendo imprescindível o aperfeiçoamento do uso de técnicas, produtos e equipamentos para promover a limpeza e desinfecções de superfícies”.

“Nossa busca é sempre por oferecer o melhor aos nossos pacientes e colaboradores, assim como um ambiente seguro e livre de infecções. A utilização de um produto inovador, de alta tecnologia, que possibilita um maior tempo de higienização e desinfecção nos ambientes, principalmente os mais críticos, do nosso hospital, nos alegra e nos traz maior segurança no combate de micro-organismos invisíveis, que requerem muito cuidado e atenção”, ressalta o superintendente do Humap, Cláudio César da Silva.

Com o advento da pandemia do coronavírus, os cuidados relacionados aos procedimentos de limpeza e desinfecção foram triplicados, medidas educativas e de conscientização sobre procedimentos de higienização foram intensificados, além de soluções mais eficazes de limpeza.

A equipe de limpeza do Humap-UFMS recebeu treinamento do Setor de Hotelaria Hospitalar, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e da Equipe de Vigilância Epidemiológica, extensivo a todos colaboradores do hospital, assim como terceirizados.

A cada três meses são realizados treinamentos com a equipe de limpeza e segurança do trabalho para garantir a qualidade da prestação de serviço.

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Fonte:


https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-centro-oeste/humap-ufms/comunicacao/ultimas-noticias/gad/hotelaria/humap-e-pioneiro-na-utilizacao-de-saneante-hospitalar-com-nanotecnologia-e-prata-coloidal

Material enviada por:

Diretora Técnica e de Desenvolvimento da Estéra Química do Brasil
Enfermeira Especialista em controle de Infecção Hospitalar.
https://www.instagram.com/infeccaohospitalar/

Comentários

Veja mais

Contatos e canais de contratação nos Hospitais

MANUAL DE INDICADORES DE HOTELARIA HOSPITALAR e CADERNO DE PROCESSOS E PRÁTICAS DE HOTELARIA HOSPITALAR

Vagas disponíveis para trabalhar no Hospital Erastinho - Curitiba