Os Três tipos de reformas da Hotelaria Hospitalar


 Quem já ouviu essa frase: 

"O hospital precisa de uma reforma." 

De qual tipo de reforma estamos falando? 

Ou de quais tipos de reformas estamos falando?


Durante toda minha trajetória profissional conheci muitos profissionais. E em conversas com gestores da área da saúde, sobre Hotelaria Hospitalar, o que mais escuto é sobre as necessidades de reformas para a implantação do modelo de gestão hoteleira em suas instituições de saúde. 

Vamos analisar o significado da palavra 
reformar: Ato ou efeito de reformar, de atribuir uma forma melhor, de corrigir. Tornar algo novo; fazer uma renovação; remodelação.

Porém a palavra reforma está implicitamente associada a reformas estruturais. Quando falamos em Hotelaria em instituições de saúde pode ser que sim, necessite de mudanças estruturais. Em alguns locais mais e em outros menos para deixá-los estrategicamente mais eficientes para prestação de serviços de qualidade.
O que não podemos esquecer e/ou deixar de pensar que tão importante quanto a esse tipo de reforma há outros dois tipos fundamentais: a reforma na cultura organizacional e a reforma nos protocolos, fluxos e processos internos. 
Esses três tipos de reforma, renovação, remodelação devem estar alinhados para se conseguir otimizar e adequar os espaços x pessoas x protocolos, fluxos e processos.
O modelo de gestão hoteleira adaptado dentro de instituições de saúde é como uma engrenagem. Tudo deve ser pensado e se "encaixar" devidamente para que os resultados sejam os melhores.

Não adianta investir milhões nos espaços e centavos em pessoas.

É preciso haver um equilíbrio.

Não adianta oferecer uma estrutura linda, confortável, tecnológica, internamente estrategicamente pensada para o funcionamento de fluxos e processos se o hospital não tiver o olhar para quem presta o serviço, para quem utiliza os espaços. 

O Hospital se torna "vazio." Sem alma. Sem resultados positivos. Sem qualidade no serviço. Porque estamos falando de pessoas cuidando e servindo pessoas. 

Pode parecer tudo muito fácil. Afinal essa seria a fórmula? Não é tão simples assim. Mudar é um processo. Mas como todo processo é preciso começar.

Esse é tema para mais posts. Vou me aprofundar mais nos próximos.

Autora



Comentários

Veja mais

Contatos e canais de contratação nos Hospitais

Porque o Higienizador do Centro Cirúrgico é uma das posições mais importantes para que as metas financeiras (EBITDA) sejam alcançadas?

MANUAL DE INDICADORES DE HOTELARIA HOSPITALAR e CADERNO DE PROCESSOS E PRÁTICAS DE HOTELARIA HOSPITALAR

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O CURSO GRATUITO DE SEGURANÇA DO PACIENTE E QUALIDADE EM SERVIÇOS DE SAÚDE

Manual de Higiene e Limpeza Hospitalar

Vagas disponíveis para trabalhar no Hospital Erastinho - Curitiba

Lavanderia Hoteleira e a durabilidade do enxoval

O que é Protocolo de Manchester?

Vagas - PCD - Prevent Senior SP